Você Sabia que Comer Doces é Cometer Suicídio?

Tempo de leitura: 9 minutos

0 Flares 0 Flares ×

VOCÊ SABIA QUE COMER DOCES É COMETER SUICÍDIO?

Pior ainda, dar doces para crianças é envenená-las. Entenda por que 100 dos estudiosos de saúde condenam o açúcar. Algumas pessoas afirmam que açúcar é uma caloria vazia. Leigo engano, antes fosse. O açúcar é uma caloria que não tem nenhum nutriente, por isso chamada de vazia, mas que envenena o nosso corpo e abrevia nitidamente a nossa vida. Açúcar é um veneno e ele faz mal para o corpo e não produz nenhum benefício. Como o açúcar pode fazer mal?
Nesta imagem abaixo estão dois livros dos Estados Unidos de dois autores que falam sobre o açúcar como causador do suicídio. Esses livros falam aquilo que todo mundo já sabe, mas pegaram pesado.

acucar

Muitas pessoas vão pensar que isso é radicalismo. Isso é ciência, é usar de bom senso, é ser racional, não radical. E por que não radical? Radical segundo grego é ir às raízes das coisas, então vamos à raiz. As pessoas criticam dizendo que não há problema comer um pouco de açúcar eventualmente. Onde está escrito que um pouco de açúcar não faz mal?

Se todo açúcar faz mal para o corpo o que eu tenho que aprender? A não comer açúcar.

O açúcar não tem nenhum nutriente e o mascavo tem muito pouco mineral e quase nada de fibra, mas faz o mesmo mal que o comum. Quando como açúcar ele passa rapidamente do estômago para o intestino e para o sangue e produz um aumento grande de insulina no pâncreas.

A insulina coloca esse açúcar para dentro da célula para as células que estão precisando de energia. Como não estamos precisando de tanto açúcar no momento o resto é mandado para o fígado onde é produzida a gordura que mata, a gordura visceral, triglicerídeos, LDL etc. A gordura é armazenada no fígado (esteatose hepática), nas artérias formando arteriosclerose, no coração, nas artérias do cérebro, nas vísceras formando a gordura visceral.

Além disso, a insulina provoca um processo inflamatório enorme em todo o organismo aumentando significativamente a inflamação do corpo medido em indicadores inflamatórios, proteína c reativa, velocidade de sedimentação globular, ferritina, insulina, homocisteína, ácido úrico e mais alguns exames que se faz em laboratórios de universidade.

Essas inflamações acabam criando degenerações em todos os órgãos do corpo. Todas as doenças do corpo são causadas e agravadas por essa inflamação. Isso vai causando degeneração. Por isso que pessoas mais velhas por terem passado anos e anos agredindo têm mais doenças e são mais degeneradas fisicamente do que pessoas mais jovens.

É como se fosse um automóvel, quando novo se não é cuidado ele dá conta do recado, com o tempo ele começa a apresentar problemas mecânicos. Se você não cuida em pouco tempo ele está destruído, se você cuida ele fica destruído também, mas levará mais tempo.

Temos que entender que o nosso corpo não precisa de absolutamente nada de açúcar, não tinha açúcar 500 anos atrás quando os portugueses fizeram a primeira usina de açúcar na ilha da madeira, não tinha açúcar na alimentação humana. Nós vivemos 3 milhões de ano sem açúcar, e pra quê temos açúcar? Ele não traz nenhuma vantagem.

Algumas pessoas perguntam: eu não vou comer açúcar nunca mais?
Eu depois de muitos anos lutando e me conscientizando, posso dizer que hoje não como e nunca mais quero comer, pois não há nenhuma razão para isso.

Exemplo clássico do açúcar:
Você em algum dia fez uma refeição adequada, não comeu sobremesa, não abusou do alimento e comeu adequadamente com bastante verdura. Voltando para o trabalho você se dedicou à uma tarefa difícil, então você produziu e ficou muito ativo, começou a ter resultado e seu trabalho estava rendendo.

Às 16:30 te chamam para uma festa de aniversário de um colega que levou uma torta de chocolate maravilhosa. O que acontece na sala da torta? Todos comem, há um aumento do volume, as pessoas ficam mais alegres, alguns contam piada, todo mundo fala mais alto, depois de uns 15 minutos você volta para o trabalho cheio de energia.

Sua produtividade, capacidade intelectual, começou a sonolência, você não produz mais como antes, começa a ficar irritado e etc. Esse é o drama do açúcar que leva a produção de insulina e que leva à toda essa cascata de problemas no seu corpo e você não vai mais produzir. Uma única ingesta da torta maravilhosa.

Por que temos a gana de comer açúcar? Tudo começa na infância quando nosso avô querido veio com os bolsos cheios de doces, nos dava os doces e nos sentíamos cheios de amor, da nossa avó que preparava o doce. A nossa mãe que preparava o bolo de aniversário e nós éramos a pessoa fundamental naquela festa. Todo mundo nos alegrando, cantando parabéns e nos dando presentes nós relacionamos com o açúcar.

Nas reuniões da nossa vida, nas comemorações quando comemos sempre tem doce e tem vários tipos de sobremesa. Nós ligamos aquele doce à situação das pessoas queridas que estavam junto conosco. Quase todos os momentos agradáveis têm doces. Quando não nos sentimos legal, não nos sentimos bem, lembramos daquela festa e do doce onde eu estava bem. O inconsciente ligou à coisa errada, não às pessoas queridas que estavam conosco, ligou à coisa errada.

O problema do açúcar é muito grave. Algumas coisas acontecem nas crianças, principalmente, cujas mães comem açúcar. Há 125 doenças declaradas que foram causadas pelo açúcar sem sombra de dúvidas. Entre elas as doenças que afetam as crianças: defeitos no tubo neural na gestação, diminuição da formação de músculos, baixo peso ao nascer, diminui a produção de hormônio de crescimento, lógico, o açúcar aumenta a insulina, a insulina antagoniza o hormônio de crescimento.

Baixo o hormônio de crescimento resulta em baixa estatura. Diminui a vontade de mamar, de tomar leite, provoca desidratação nos recém-nascidos, provoca diminuição da imunidade e aumento das doenças autoimune, asma, alergia, diabete tipo 1. Favorece as infecções , favorece a poliomielite, sobre todas essas doenças existem trabalhos comprovando.

Em crianças mais velhas aumenta o nível de adrenalina, a hiperatividades a ansiedade, dificuldade de concentração, a irritabilidade, aumenta os sintomas de déficit de atenção, diminui a capacidade de memorização, reduz a capacidade de aprendizagem, desencadeia aumento comportamento plano social, isso vemos em jovens infratores, facilita a adição de drogas.

Algumas pessoas acreditam que estão fazendo certo por estarem usando o açúcar mascavo, mas ele produz insulina igual, só por não ser tão refinado ele mantém alguns minerais, mas que podem ser buscados em qualquer alimento vegetal.

Você não precisa de açúcar mascavo, o índice de glicose e sacarose é semelhante e ao transformar o mascavo em refinado a gente não acrescenta glicose, apenas retiramos os minerais. A produção de insulina é semelhante. Há vários tipos de açúcar, o mascavo, o demerara, o cristal e o refinado. Tem outros adoçantes também, como o mel que é saudável, apensar de aumentar insulina também. Existem pinturas rupestres de oito mil anos atrás mostrando pessoas tirando o mel de troncos de árvores. Portanto é um alimento natural, é um alimento que veio com o ser humano, é um alimento que Deus nos deu.

Se você é uma pessoa como eu, com saúde integral, boa saúde, pode comer mel de vez em quando. Agora se você é gordo, se tem pressão alta, se tem diabetes, tem depressão, o açúcar do mel vai acabar aumentando a inflamação. Vale a mesma coisa para o açúcar da fruta, a frutose. Cure tuas doenças para depois vir a comer frutas, mel, açúcar de coco (melhor do que os outros). Todos eles aumentam a insulina. Sobre o tema de açúcar temos que diminuir sensivelmente.

Um trabalho mostra que níveis elevados de açúcar causam encolhimento do cérebro medido em ressonância nuclear funcional, isso foi publicado na revista Neurology, revista top de neurologia. Havia participante de 60-64 anos 250 participantes, descartando todos os outros fatores chegaram à conclusão de que aqueles que tinham cérebros menores são os que mais comeram açúcar durante sua vida.

E o adoçante artificial? Existem vários, minha sugestão: tire todos!
Se você utiliza o adoçante no café, utilize adoçante temporariamente até perder o hábito. Recomendo que tome um gole do café amargo, coloque duas ou três gotas de adoçante e experimente com o adoçante e vai adaptando seu paladar ao café sem açúcar. Em 10 ou 15 dias você não vai tomar mais com o adoçante, e se for utilizar adoçante, utilize o mais natural possível, use o Stévia, ou mais natural ainda, compre a planta Stévia que não tem aditivos nenhum.

O adoçante causa mais mal do que o açúcar, mas recomendo que use porque é durante um período intermediário, é só para perder o vício do açúcar.
Tem um trabalho feito em 2014 mostrando que a obesidade e as doenças em geral aumentam mais com o adoçante.

Faça uma campanha para tirarmos o açúcar da nossa vida. Pense seriamente nisso, e eu te desejo uma supersaúde, sem açúcar!

 

2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *