Viva bem com a artrose que você tem

Tempo de leitura: 4 minutos

0 Flares 0 Flares ×

A Artrose é uma doença que degenera a articulação, e causa sintomas como dor, inchaço nas juntas, rigidez, sensibilidade, etc. No entanto, é possível que um indivíduo viva bem com a artrose que se tem, ao realizar algumas práticas que auxiliam na recuperação da saúde articular.

 

 

Artrose não dói, o que ocorre é que ela desencadeia uma inflamação, e essa inflamação é o que causa a dor. E quanto mais intensa esta for, maior é o sinal da inflamação.

Essa doença que ataca as articulações, e que compromete diretamente a qualidade de vida de uma pessoa, pode sim ser revertida, ao se recuperar a saúde articular.

Ficou curioso para saber mais sobre esse assunto? Então confira o post até o final:

O que é artrose?

Artrose é um desgaste ósseo em uma articulação, mas antes disso ocorrer há o desgaste da cartilagem que protege o osso.

Algumas pessoas iniciam a artrose muitos anos antes de terem sintomas, então deve-se iniciar a prevenção dessa doença o mais precocemente, antes de manifestar os primeiros sintomas.

Com a continua perda de saúde da cartilagem, essa começa a amolecer, trincar, diminuir de espessura, e a perder pedaços microscópicos, até aparecerem as falhas cada vez maiores.

E então o osso adjacente começa a sofrer inicialmente de forma imperceptível, visível apenas por Ressonância Magnética, mas à medida que o processo degenerativo ósseo evolui, a doença começa a aparecer também em exames de Raio-x simples.

Nesse ponto a Medicina Tradicional denomina essa “doença” de artrose, anteriormente conhecida por Condropatia (doença cartilaginosa).

Vale lembrar que Artrose e Artrite são doenças diferentes. Artrite é uma alteração inflamatória que acomete a articulação. Já Artrose é desgaste da articulação

 

Mas o que causa uma artrose?

A cartilagem e o osso adjacente podem sofrer agressões, e assim desencadear uma artrose, e essas agressões podem ocorrer devido a:

  • Traumatismo

Qualquer trauma pode causar uma lesão na cartilagem ou no osso, e se não houver um processo de cicatrização perfeito, trará problemas futuramente, e quanto maior for o trauma, maior a possibilidade de lesão residual.

  • Cirurgias envolvendo a articulação
  • Micro lesões repetidas

Essas que podem ser causadas por má postura, esforços exagerados, ao se carregar muito peso, fazer movimentos repetidos, ter micro traumas devido ao esporte, etc.

  • Excesso de peso corporal
  • Fatores predisponentes, como frouxidão ligamentar
  • Doenças articulares, que provoquem artrites

 

Sintomas de artrose

A medida que a perda de saúde vai aumentando a articulação começa a emitir minúsculos sinais como dores, crepitação, estalido, rigidez. Estes sintomas iniciais são quase imperceptíveis, o que pode ser um problema, já que a grande maioria das pessoas não valorizam esses avisos.

Mas vale lembrar que toda dor é um pedido de socorro, ou seja, é um aviso de que aquela região está com problemas, por isso fique atento aos primeiros sinais,

Inclusive as pessoas mais saudáveis são aquelas que desenvolveram a consciência corporal. Elas aprenderam a se dar conta de qualquer sintoma desagradável que ocorre no corpo, e buscam entender os motivos daqueles desconfortos terem aparecido.

Como manter a saúde articular?

Quem protege a articulação são os músculos adjacentes, então quanto mais forte forem os músculos, mais ela estará protegida, e menor será o risco de degeneração.

E para deixar os músculos fortes é necessário fazer exercícios físicos de contra resistência. O mais efetivo e seguro é a musculação, mas pode ser qualquer atividade que estimule o ganho de massa muscular.

Sabemos que perdemos massa muscular a partir dos 30 anos, e por isso a musculação a partir dessa data é obrigatória para todos que desejam ter saúde, especificamente saúde articular.

E se alguém já sofreu algum trauma importante no joelho, ou doenças que se manifestaram com dores nessa região, ou até mesmo possui avós ou pais com artrose, a musculação deve ser iniciada logo em idades precoces.

A musculatura adjacente às articulações deve ser reforçada pelo resto da vida, e caso um indivíduo abandone a pratica de se exercitar, em apenas um mês ele já terá perdido toda a massa muscular anteriormente conquistada.

O exercício físico é essencial para o desenvolvimento da saúde de uma articulação, mas se não for executado de forma correta, esse podem agredir, ao invés de proteger.

Por isso é necessário ter a consciência corporal, e executar os exercícios com atenção e ao primeiro sinal de desconforto, interromper aquela ação, pois o nosso corpo sempre avisa antes de ocorrer uma lesão.

Agora que você já sabe que é possível que um indivíduo viva bem com a artrose. Não se esqueça de compartilhar esse post, para que assim possamos levar para um número maior de pessoas todas essas importantes informações, e assim criar uma corrente do bem para a saúde. Desejo a todos uma SuperSaúde, e até a próxima!

 

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *