Não deixe de fazer musculação quando estiver com alguma dor

Tempo de leitura: 5 minutos

0 Flares 0 Flares ×

A musculação ajuda a emagrecer, define musculatura e previne lesões. E ao contrário do que muitos pensam, ela também ajuda a combater dores ortopédicas, se realizada adequadamente. Por isso não deixe de fazer musculação quando estiver com dor.

 

 

São inúmeras as vantagens da musculação para a nossa mente e corpo. E seus benefícios estão relacionados com o período de dedicação a essa atividade. Além dos diferentes tipos de treinamento, intensidades e séries. E também ao período necessário de recuperação entre os treinos que podem variar de acordo com cada indivíduo.

A musculação pode combater mais de 90% das dores do corpo, porém essa regra não serve para enxaquecas e cólicas. Eu garanto essa afirmação com mais de 40 anos de prática atendendo doentes ortopédicos e estudando as respostas do corpo ao exercício.

Por isso, não deixe de fazer musculação quando estiver com dor. Mas se você quer entender melhor essa afirmação, então confira esse post até o final. Pois ele vai mudar a sua visão sobre essa atividade física.

 

A dor é um aviso do nosso corpo de que algo está errado

Uma dor ortopédica, por exemplo, é sinal de que naquele ponto tem uma lesão e apresenta uma inflamação localizada.

Podemos entender a dor como um pedido de socorro. Como se aquela parte que está doendo, mandasse uma mensagem para a nossa mente. Até se dar conta de que tem alguma coisa errada naquele ponto que dói, e que algo precisa ser feito.

O absurdo é que a maioria das pessoas não entende dessa forma. Não dá a devida atenção ao pedido de socorro. Chegando absurdamente a afirmar que não é uma pequena dor que vai derrubar, e desconsiderando a mensagem do corpo.

 

Faça musculação consciente

A regra primordial para se fazer musculação com completa segurança é manter o máximo de consciência, ou seja, ficar atento aos sinais e informações emitidos pelo corpo.

É necessário desenvolver a consciência corporal, e esta regra vale principalmente quando estamos com algum problema e sentindo dor.

E a pergunta que precisamos fazer ao nosso corpo quando realizarmos qualquer movimento, seja praticando exercícios físicos, ou até mesmo executando nossas atividades diárias é:

Como aquela parte do corpo está respondendo a essa atividade, ou ao exercício que estou fazendo?

E devemos prestar total atenção às respostas, essas que podem ser de três tipos:

  1. Se a dor ficar um pouco mais intensa, demonstra que aquela atividade está agredindo e piorando aquela região que já está doente e sensível. Neste caso devemos se for possível, parar imediatamente o que se estiver fazendo.
  2. Outra possível resposta é, se a dor não se modificar com a tarefa, então a mensagem que o corpo está enviando é de que se deve continuar com aquela prática, pois ela não está afetando a lesão.
  3. Já quando se realizar alguma atividade e a dor diminuir, a mensagem que o corpo envia é clara; continue a fazer isso, porque está realmente me ajudando.

Então quando uma pessoa for até uma academia para fazer musculação a fim de ajudar a eliminar a dor. Deve-se compreender e aceitar a dor como algo maravilhoso, pois está orientando o indivíduo no que pode, ou não fazer.

E quanto mais intenso for o exercício, desde que não cause nenhum problema ou desconforto, maior será a produção da Miocina.

 

A liberação da Miocina

O grande segredo está na Miocina, pois a informação científica mais atual afirma que qualquer exercício realizado com contração muscular em qualquer parte do corpo, produz essa enzima.

A contração muscular é essencial, pois ela é a responsável pela locomoção e pelos vários movimentos do corpo, é ela quem promove a movimentação dos órgãos internos, como, por exemplo, a pulsação das artérias, batimentos cardíacos, o movimento de bolo alimentar pelo aparelho digestivo, dentre vários outros mecanismos do corpo.

E quando se faz a musculação, provoca-se a liberação de uma enzima chamada de Miocina, que tem um alto poder anti-inflamatório.

A Miocina irá agir naquele ponto doente combatendo a inflamação e diminuindo a lesão.

Quando se tem alguma dor no corpo, a musculação adequadamente realizada, ajuda a tratar a doença, a diminuindo. Então, para todos que têm alguma dor e querem tomar menos remédios, uma das soluções naturais é fazer a musculação.

Agora que você já entendeu todos os benefícios que a musculação pode proporcionar a sua saúde, não deixe de fazer musculação quando estiver com dor, então comece hoje mesmo a realizar essa modalidade de exercício físico, e a introduza a sua rotina.

E se você gostou deste post, não se esqueça de compartilhar com seus amigos, e faça parte dessa corrente do bem que almeja levar informações importantes de saúde para um número maior de pessoas. Eu te desejo uma SuperSaúde, e até a próxima!

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *