A Cura do Envelhecimento na Visão de Aubrey de Gray

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares 0 Flares ×

Aubrey de Grey, um dos mais conhecidos estudiosos sobre a cura do envelhecimento, diz que o processo de envelhecer pode ser evitado, se for removido os primeiros sinais de envelhecimento do corpo, antes que eles acabem por trazer prejuízos ao organismo.

 

 

Aubrey de Gray foi o primeiro estudioso a levantar a hipótese de que o envelhecimento é uma doença, e de que em algum momento ela terá cura.

Em 2002 em sua afirmação polêmica, ele disse que em 50 anos não mais haverá definição para expectativa de vida. Pois teremos um controle tão completo do envelhecimento que as pessoas viverão indefinidamente.

Aubrey defende ainda que o envelhecimento se dá por sete causas, porém os danos causados cumulativamente as células, e não reparados, são os mais relevantes.

E hoje, como Presidente da Fundação SENS (Engenharia Estratégica Para Provocar Senescência Insignificante). Ele estuda meios de atuar sobre os danos causados nas células evitando assim que a célula envelheça.

Se o envelhecimento for mesmo uma doença, e que pode ser curada, então estaremos falando sobre imortalidade?

Dá para imaginar o quanto ele foi criticado no meio científico pôr suas declarações. Porém atualmente já existem dezenas de pesquisadores reconhecidos cientificamente. Eles defendem as mesmas ideias sobre a cura do envelhecimento, e a imortalidade.

Nós envelhecemos porquê de alguma maneira agredimos a nossa célula, criando algum dano, e não permitindo que ela o repare.

Essas agressões podem ser tanto inevitáveis, como a poluição atmosférica, como evitáveis. Ao ingerir alimentos tóxicos ao nosso corpo, estamos contribuindo assim para a mutação do nosso DNA.

As células têm condições de reparar muito destas agressões, e isso se dá principalmente durante um sono adequado.

Mas quando não reparamos esses danos, a célula deixa de funcionar adequadamente, contribuindo para o aceleramento do desgaste celular, dos tecidos, e inclusive causando as doenças que acompanham o envelhecimento.

 

Vejamos os sete tipos de danos as células que são os causadores do envelhecimento:

  • Mutações nucleares: Causadoras do câncer.
  • Mutações mitocondriais: Estas que podem acelerar muitos aspectos do envelhecimento.
  • Alterações intracelulares: Acumulam lixos e proteínas.
  • Lixo Extracelulares: Proteínas inúteis e nocivas que se acumulam fora de nossas células.
  • Perda de células: Algumas células do nosso corpo não podem ser substituídas, ou só podem muito lentamente.
  • Envelhecimento celular: É um fenômeno onde as células não são mais capazes de se dividir, porém não morrem. Sendo que estas podem fazer coisas que não deveriam, como segregar proteínas, tais ações que podem ser prejudiciais.
  • Ligações cruzadas extracelulares: As células são mantidas juntas por proteínas de ligação. Mas quando são formadas muitas ligações entre as células em um tecido, o tecido pode perder sua elasticidade e causar problemas, incluindo a arteriosclerose e presbiopia.

 

O tema sobre combater o envelhecimento é um dos mais apaixonantes da literatura científica. E Aubrey de Gray em seus estudos, busca a cura do envelhecimento através de tecnologias patenteáveis que possam reverter os prejuízos causados ao organismo, e assim evitar surgimento de enfermidades, e do envelhecimento.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *