Você Sabia Que Pode Ter Um Complexo de Manada?

Tempo de leitura: 2 minutos

0 Flares 0 Flares ×

O complexo de manada é, por exemplo, quando um boi pergunta para o outro: “Ei, onde nós vamos?” e o outro responde “não sei, todo mundo está indo pra lá”. Quando o boi levanta a cabeça e vê pra onde está indo todo mundo “lá é o matadouro!”, “se tá todo mundo indo pra lá deve ser bom.”
Nós rimos quando ouvimos esta história, mas será que nós não temos complexo de manada? Será que a gente não faz coisas por que a sociedade faz tudo igual e a gente não questiona?

Vou fazer um teste com você, vou te dar uma informação que já foi comprovada cientificamente e todo mundo concorda: doce faz mal à saúde. Apenas um pedacinho de doce já não faz bem à saúde, certo? OK.
Agora você vai organizar a festa de aniversário da criança que você mais ama o que você mais coloca na mesa? Doce!
Esta atitude é normal no contexto da manada, mas para uma pessoa que para para questionar, é normal darmos veneno para a pessoa que a gente mais ama? Esta atitude é inconsciente, a gente não pensa.

E por falar em ser normal, tem um autor chamado Pierre Weil, francês que veio para o Brasil e escreveu livros importantes, disse: “Ser normal é ser doente e o nome da doença dos normais é a Normose. Quem tem a Normose é um Normótico.

Não seja normal, não vá com a manada.

Lembrei-me agora de um trabalho científico:

Em uma sala de espera de um consultório havia 8 cadeiras e 7 artistas, de vez em quando tocava um sinal e os artistas levantavam, chegou um momento em que um paciente entrou no consultório e sentou nessa cadeira que sobrava, deu o sinal e os artistas levantaram. O paciente achou estranho, mas no terceiro sinal ele levantou também, assim um dos artistas saiu e entrou outro paciente. Gradativamente os artistas saíram e os pacientes entravam e se levantavam ao tocar do sinal. Finalmente, não havia mais nenhum artista, apenas os pacientes, todos levantando toda vez que o sinal tocava. Ninguém se questionou por que  estava fazendo aquilo.

Isso conta como um paradigma, as pessoas adotam o paradigma sem se questionar. Então vamos tirar uma mensagem desse teste. Não seja manada, comece a pensar no que está fazendo. Ter consciência de estar comendo um alimento, mesmo sabendo que faz mal é ter discernimento.
O pior é quando nós não usamos a escolha e o discernimento e tomamos decisões que vão impactar na nossa vida sem parar para pensar e usar a consciência. Eu sempre digo que se todos nós usarmos a consciência em todos os momentos acabamos com a doença no mundo, ninguém mais fica doente.

Pense nisso, enquanto eu lhe desejo uma supersaúde.

6