A Obesidade Aumenta a Incidência de Câncer

Tempo de leitura: 4 minutos

0 Flares 0 Flares ×

Foi feito um trabalho na Universidade da Califórnia publicado em agosto de 2016 na revista Plos Medicine que concluiu: quanto maior a duração da obesidade e do excesso de peso, mais aumenta o risco de desenvolvimento de várias formas de câncer e que a redução do peso na idade adulta reduz o índice de câncer. A prevenção precoce de crianças, adolescentes e adultos jovens na obesidade é muito importante na idade do paciente e no risco de câncer.

O trabalho acompanhou mais de 73 mil mulheres durante um tempo médio de 12,6 anos, no estudo chamado Iniciativa da Saúde da Mulher. Nesses 12 anos mais de 6 mil casos de câncer foram relatados, e eles chegaram a uma conclusão. Para cada 10 anos de obesidade 5% do risco de câncer de mama é aumentado e 7% de risco de câncer de endométrio. Chegaram a conclusão também de quanto maior o índice de obesidade mais aumentava esses indicadores. No câncer de mama passou de sobrepeso para obesidade de 5 para 8%, o trabalho também mostrou que aumentava o risco de câncer de cólon e dos rins também.

Esse estudo vem completar outros que relacionam a obesidade e sua duração com outros fatores de outras doenças, como diabetes, pressão alta, risco cardíaco e mortalidade em geral. Esse estudo confirma também que quanto mais cedo inicia o excesso de peso e quanto mais tempo permanece aumenta proporcionalmente a inflamação crônica, os danos oxidativos ao DNA, as alterações do metabolismo hormonal, está tudo isso correlacionado, e isso não aumenta só o risco de câncer como também acelera significativamente o envelhecimento. A gordura corporal afeta Os níveis de hormônios sexuais, como estrogênio e isso talvez seja explicação por aumentar o câncer de mama e o câncer endométrio.

O relatório da Associação médica americana para pesquisa do câncer de 2014 afirma que sobrepeso e obesidade são responsáveis por quase 25% da contribuição do câncer, isso ocupa o 2º lugar no risco de câncer, só perdendo para o fumo. Gostaria de aproveitar estar falando sobre isso e alertar alguns cuidados para prevenir qualquer tio de câncer.

Se você tem um histórico familiar de câncer, se você já teve câncer no passado e já resolveu preste atenção nessas dicas.

1) Tem que eliminar o excesso de peso. Sem fazer dieta e regime, tem que ser ligado a um programa de saúde. Não adianta fazer dieta, tem que fazer um programa de saúde que melhore a sua saúde em todos os aspectos.

2) Pare de alimentar as células cancerosas. As células cancerosas se alimentam de carboidratos. Pare de dar comida para o câncer. Se você não teve, mas tem um histórico de câncer na família diminua os carboidratos, se aparecer alguma incidência de câncer ela será eliminada do nosso corpo. Tire o máximo de carboidratos da sua vida, se alimente com alimentos mais saudáveis a base de gorduras mais saudáveis, ovo orgânico, abacate, coco, a gordura do coco, nozes em geral, azeite de oliva. A célula cancerosa não come nada disso.

3) Estimule o seu sistema imunitário. Ele detecta pequenas alterações nas nossas células que chamamos de neoplásicas, detecta essa alteração e destrói antes que ela se multíplice. O sistema imunitário tem a ver com a qualidade da membrana intestinal. Quanto melhor for a membrana intestinal, melhor o sistema imunitário. Para isso é necessário comer muita verdura, tomar kefir, parar de comer carboidrato.

4) Evite excesso metabólico. Mesmo só comendo alimentos saudáveis, se você comer muito do alimento saudável afeta a nossa capacidade metabólica diminuindo a imunidade e dificulta a capacidade imunitária de combater as células cancerosas.

5) Pratique meditação. Tenha o hábito diário de combater o estresse através da meditação, mantenha a mente atenta, faça ioga, mantenha foco no que está fazendo, não leve a preocupação para o futuro.

6) Faça exercícios físicos. Existem vários artigos que mostram que o exercício é o principal fator para prevenir o câncer e importante para quem já teve. Tem 3 tipos de exercícios que eu recomendo, musculação (exercício para ganhar massa muscular), exercício para aumentar a capacidade cardiovascular de alta intensidade e intervalado e exercício aeróbico de muita intensidade e curta duração.

Ninguém precisa ter câncer, e quem já teve não pode ter de novo. Nosso corpo não foi feito para ter câncer, o câncer é uma falha do nosso corpo, mesmo que nós tenhamos o gene para câncer.

Desejo que você comece a construir uma supersaúde e ao construir isso que você se transforme em um ser melhor, mais evoluído, quem sabe em um super ser.

2

3 Comentários


  1. Existe muitas alterações nas informações.
    -Antes: reduzir ao maximo o SAL
    -Agora: contradizendo e concordando c/o aumento do seu uso. Nao altera a pressão arterial, independente de exercicio fisico? Isso e outras alterações em informações à pacientes (leigos na área da saúde) geram muita “insegurança” e às vzs incredulidade à cada novidade q chega …


    1. Este é um grande problema pois a medicina da doença propaga informações ultrapassadas e às vezes eradas
      Só resta a você tentar entender quem você confia mais
      Abraços
      Uronal

Comentários encerrados.