A Genética Não Tem Importância Para a Sua Saúde

Tempo de leitura: 2 minutos

0 Flares 0 Flares ×

Um dos grandes enganos da Medicina foi acreditar que a genética era importante. Esse erro ficou maior em 2003, quando Craig Venter concluiu a decodificação de todo o genoma, sendo inclusive chamado de “O Pai do Genoma Humano”. Agora sim, diziam os cientistas, iremos dominar as doenças de fundo genético.

O que aconteceu? Nada. As doenças de origem genética estão cada vez mais aumentando e ninguém mais fala no Genoma Humano.

Por isso eu afirmo: GENÉTICA NÃO TEM NENHUMA IMPORTÂNCIA, o que importa é a EPIGENÉTICA.

Para explicar melhor vou citar meu caso pessoal. Minha mãe morreu de câncer de cólon intestinal. Minha avó paterna também morreu de câncer intestinal. Logo é certo que eu tenho gene para câncer intestinal. Estatisticamente,  eu tenho 40% de chance de também desenvolver esta doença. Mas, na prática, eu garanto, a minha chance de ter câncer de cólon é zero %.

Até hoje, aos 65 anos, eu nunca desenvolvi câncer,  porque eu tenho uma proteção bloqueando a expressão deste gene. Esta proteção chama-se epigenética, e tem esse nome por ficar por cima do gene bloqueando sua expressão.

O mais importante é que estes fatores que bloqueiam os genes dependem apenas de mim. É tudo o que faço para aumentar a proteção

(aumentando o bloqueio) e mais tudo o que deixo de fazer para diminuir a proteção. E, a cada dia a ciência descobre novos fatores que posso incluir em minha vida para aumentar a proteção epigenética. Desta forma,  eu posso afirmar com total certeza: Eu nunca vou ter câncer de cólon intestinal.

 Então eu pergunto o que é importante: a genética (meu gene para câncer) ou a epigenética (minha proteção bloqueando este gene).

E, o mais importante ainda é que as ações que faço para aumentar meu “epigenoma” para bloquear as doenças de fundo genético protegem também contra todas as doenças que não são genéticas.

A epigenética também tem influência fundamental nos aspectos positivos da saúde como força muscular, capacidade cardiovascular, perfil hormonal, e em todos os sistemas e aparelhos do corpo, e ela se transmite aos nossos filhos e netos, como veremos no próximo artigo.

LEIA MAIS:

Programe a Saúde Que Seu Filho Terá Em Sua Vida Um Ano Antes da Concepção 

O Que Podem Fazer Os Pais Que Não Cuidaram da Sua Saúde Antes da Concepção dos Filhos

8

4 Comentários


  1. Uronal, estou encantada com o seu trabalho. Estou longe de todos por ai, mas desta forma reconheço a mim mesma em sua caminhada, é muito bom ver sua dedicação e me esforçar para tambem cumprir minha meta. Grata por me lembrar deste amor pela humanidade e pelo planeta. Um grande abraço amigo e sucesso sempre. Paz e Luz em sua linda jornada.

Comentários encerrados.